quinta-feira, 3 de abril de 2014

Há 10 anos eu tinha 18 anos...

Oie!

Acabaram as provas, e peço um pouquinho de paciência pois tenho muito o que organizar para postar! 


Ultimamente sabe-se lá porque tenho pensado nessa frase....até postei no Facebook! 

Há 10 anos eu tirava minha habilitação...realizando um sonho..

Há 10 anos eu não sabia que uma amizade na internet seria algo tão profundo quanto uma amizade real..

Há 10 anos eu não sabia que tinha encontrado o amor da minha vida na internet..

Há 10 anos eu já era gorda....e continuo gorda, mas na mesma faixa de peso..

Há 10 anos eu não sabia que viria pro Amazonas...

Há 10 anos eu não sabia que iria estar na 4° tentativa de me formar numa faculdade....muito menos que seria nutrição..

Há 10 anos eu não sabia se iria conseguir comprar uma casa..

Eu nunca acreditei nessa história que tudo acontece no tempo de "Deus"....na verdade não sou religiosa, mas possuo a minha fé.

Mas realmente tudo acontece nas linhas tortas, o caminho é cheio de percalços, de desafios, de choro, de alegria, de decepção e de felicidade....e do mais importante que é a gratidão!

Vou morrer sem ter uma só direção, um só pensamento, uma só moradia, um só destino.....e nem quero ter porque eu não sou rua, nem macaco, e nem árvore!

Nunca imaginei poder conhecer tanta gente, muita gente bacana que são exemplos de pessoas a seguir, e muitas pessoas que são exemplos de pessoas a não seguir!

Já pensou nisso?
Já parou pra pensar no que você anda fazendo da sua vida?
Sua passagem pelo mundo tá sendo bem aproveitada?
Você tá vivendo ou tá sobrevivendo?

Não vou dizer que você tem que dar aloka e sair por aí fazendo altas loucuras, mas sim que você não se impeça de viver por conta de medos, convenções sociais, ou morais! 

Eu sei que tenho altas histórias pra contar a filhos e netos....desde o dia que mamãe encheu a cara e caiu sentada no isopor de gelo numa festa....até ao dia que mamãe conheceu papai na internet e ele parecia um mendigo no primeiro encontro....vou poder contar do tombo que mamãe caiu sentada com uma amiga no meio da ladeira sem motivo aparente....e do quanto a vovó já riu e chorou com uma amiga de internet que ela nunca viu...e das loucuras que vovó já fez enquanto era universitária com amigos e colegas!

São muitas histórias, muitas sem valor, muitas com moral da história, muitas engraçadas, muitas tristes, e muitas como esse post que eu vou ler quando tiver com 38 anos e tiver falando dos 20 anos que já se passaram e eu ficava postando na internet achando que iria fazer a diferença na vida de alguém! :)

Bjo da Paty